Textos


Católicos e o Brasil que há de se recuperar Imagem relacionada

 
            Recentemente ocorreu o Sínodo da Amazônia. Mas, muito se propaga em relação a se desvalorizar o berço da cristandade. Isso se faz desde que somos crianças através do cinema, depois vamos um dia para a universidade, e por fim continuamos a ver os ataques contra o Catolicismo. Ensinam-nos sobre ciência e filosofia, e da filosofia não conseguem esconder a importância deles para a mesma, mas com relação à ciência se faz o contrário. Mesmo assim se endeusa o iluminismo, bem como algumas personas estranhas do renascimento, como Maquiavel, de modo a se unir depois a visões mais distorcidas ainda, a um tal Lutero e Calvino, para por fim importar através de seja por esquerdismo, seja por direitismo, e outros ismos, invenções sobre a inquisição, Constantino, concílios, indulgências, etc, esquecendo todas as conquistas medievais e modernas, a que católicos teriam iniciado. Em especial a ciência, onde muitos padres e monges iniciaram a ciência.

Primeiro vieram ataques de alguns protestantes, depois de iluministas, e por fim vemos nas universidades o que se espalhou por sul a norte do Brasil. Podem fazer uma lista de cientistas Católicos, e muito bons, tanto ou mais que do renascimento, iluminismo, positivismo e etc. Pode-se citar cientistas católicos: Nicolau Copérnico, Gregor Mendel, Alberto Magno, Roger Bacon, Pierre Gassendi, Ruđer Bošković, Marin Mersenne, Francesco Maria Grimaldi, Nicole Oresme, Jean Buridan, Robert Grosseteste, Christopher Clavius, Nicolas Steno, Athanasius Kircher, Giovanni Battista Riccioli, William de Ockham e outros. Mas outro mito é o das trevas da Idade Média, quando esse tempo nos deu as Universidades, e muitas outras descobertas, e que hoje, por falta de qualidade, se usa para divulgar conhecimentos limitados e voltados para uma ou outra ideologia. Feliz de quem é autodidata e além da universidade, busca as origens. E as origens estão na Igreja, sim, na Igreja Católica.  Hoje se persegue o Papa Francisco, que é um dos poucos que luta pelo povo e pobres, o julgando de comunista ou agente secreto e outros absurdos. Isso já vem de 500 anos, para tentar derrubar 2000 anos de cristianismo.

Atualmente ainda mais, se dizendo “cristãos”, para eleger um governo que se vende a bancos e a elites, e que desrespeita a soberania brasileira, indo passear em Israel ou EUA, além dos absurdos que vemos na perseguição a educação brasileira, este apoiado por algumas “igrejas”, cortando o que pode da educação e acabando com a aposentadoria. Muito disso importado dos EUA. As pessoas no Brasil estão se separando, seja em falsas direitas e esquerdas, seja em cristianismos, não de unir num mesmo corpo, que é Cristo. Mas as universidades não apenas pelo marxismo, que também deve ser estudado, mas não apenas este estudado, têm de ensinar o mais amplo possível, para que sejam os estudantes verdadeiros pesquisadores. Certamente o brasileiro deve retornar para além de ideologias, assim conquistar uma identidade humana e integral, que respeite a dignidade e garanta direitos sociais, sem perseguição de pessoas ou doutrinações. Por fim, o Brasil há de recuperar, protegendo os direitos das pessoas, valorizando o nacional, e não privatizando, propagando a paz em Cristo, e não a discórdia e o fanatismo. O fundamentalismo rendeu guerras e golpes terroristas, e saibamos evitar tudo isso. Cristãos têm de se unir.
Mariano Soltys
Enviado por Mariano Soltys em 12/10/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de Mariano Soltys). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários