Textos

TESTE DE AMOR
TIVE UM TESTE DE AMOR.. NÃO PASSEI..REPROVEI NOS DESEJOS, A PROFESSORA SE DESENCANTOU COMIGO. AMIGO FUI, E SÓ AMIGO. CANTEI VERSOS AOS VENTOS E ESCREVI AOS POMBOS QUE FIZERAM NINHO EM FRENTE MINHA CASA. TESTE DE AMOR, SEM SUOR. TESTE DE AMOR, TESTE DE COR, SEM COLORIDO. LINDO FOI UM ENCONTRO, E MUITA COISA PLANEJADA. PLANO DE AULA. TESTE DE AMOR. E A PROFESSORA DAS ESTRELAS BRILHOU APENAS AOS MEUS OLHOS. NO ESPELHO DA REALIDADE RANZINZA FICOU. BEIJO BOM FOI, E PONTO GANHO. TESTE DE AMOR, QUE NÃO TIVE, QUE NÃO ERA PAIXÃO. SENÃO FOSSE ÁS VEZES CONTRÁRIO. BRIGUEI COM MIM MESMO. TESTE DE AMOR, MULTIPLICADOS AFETOS. NÃO QUERIDOS, NÃO QUERIDOS ... CHORO SOLITÁRIO, ILÁRIO. SENTIMENTO NÃO DEMONSTRADO NO QUADRO NEGRO PELA PROFESSORA. TESTE DE AMOR, SEM FLOR, SEM TEMPO. ERA TUDO PEDIDO DE RETORNO E AFASTAMENTO. TESTE DE AMOR. AO LESTE, E EU IA BEM LONGE. E BEM PERTO FICAVA. DE LONGE AMADO, DE PERTO JOGADO. TENTEI, E PELAS TENTATIVAS FUI REPROVADO. A VIDA ME APERFEIÇOA, AMO MAIS. MEU CORAÇÃO JÁ É UM ESPANTALHO DE PALHA... SEM CHANCE, SEM LANCE. PONTO GANHEI NA ESCOLA DA IRA. E A PROFESSORA UM SONHO ME ALIMENTAVA... E EU LAMENTAVA, POR O ESPELHO REAL REFLETIR ALGO EMBAÇADO. TESTE DE AMOR REPROVADO.  
Mariano Soltys
Enviado por Mariano Soltys em 31/01/2013


Comentários