Textos

DESCOBRIR-SE
DESCOBRIR-SE





O QUE É, É E O QUE NÃO É, NÃO É.
PERCEBI ISTO PRINCIPALMENTE PELA REPRESENTAÇÃO DAS ALMAS,
BRONZE, PRATA, OURO, FOGO, AR, ÁGUA, E TERRA.
É O MAR SEM ONDA E SEM MARÉ...

OS FENÔMENOS DÃO-SE PARALELAMENTE CONSTANTES,
COMPENSA-SE TUDO EM QUALQUER FORMA POSSÍVEL.
PERCEBES A PERFEIÇÃO PURA DA ALMA INDEPENDENTE?
NÃO HÁ MAIS TEMPO, NEM ESPAÇO, NEM O INVISÍVEL!

TUDO É INDETERMINADO, NÓS É QUE DETERMINAMOS.
EM QUAL MUNDO VOU VIVER? DEPENDE...
CABE ESCOLHER E OPTAR ANTES DE SER ESCOLHIDO.

DEUS NÃO JOGA DADOS; JOGA MOEDAS, ISSO SIM,
CARA OU COROA, LUZ OU TREVA, FIM OU COMEÇO...
QUEM DESCOBRIR ISSO SABE COMO DESCOBRIR-SE.
Mariano Soltys
Enviado por Mariano Soltys em 01/02/2013


Comentários