Textos

Meu olhar disse tudo
Meu olhar disse tudo


Meu olhar disse tudo, meu olhar disse tudo...
Que eu tentava sonhar, mas não conseguia
Amor amora foi fruto proibido pra mim,
Sim, sempre esse coração naufragado
Gado perdido em campo vasto
Que nem drogado sem rumo
Muro, muro...
O sol brilhou em folhas amarelas
Caminhei entre ruas e esquinas
Sonhei, sono sei
Não acordei, amor dormiu...
Dor, senti dor em meu coração
Sem ação, sem emoção, todo mês
Sem isso, esse mês
Quero trabalho, quero esquecer
Quero roque, quero roque...
Meu olhar mentiu, enganaram meu olhar
Alho, era olho gordo
Não amei
Olhar disse tudo, cedo, doce
Tempo passou
Eu reprovei, idade, maldade
Meu amor se perdeu
Sonhei em amar, naufraguei
Sou submarino de sentimento
Sou menta, beijo temperado
Tempo furado
Não mais sou
Amor se foi
Meus olhos dizem tudo
Brilham tardios
Brita, são brita
Verdes pedras polidas
Beleza esqueceu-se de mim
Leveza já não é
Eu desejo desejar
Ar, ar, pra respirar
Vida que borbulha na pele
No pelo, envelope
Meus olhos dizem tudo.
Mariano Soltys
Enviado por Mariano Soltys em 20/03/2013


Comentários