Textos

PARANORMAL - SIMULCOGNIÇÃO
Simulcognição

Muitas pessoas a relatam sem o saber. Quase
sempre quando confundida com premonição, uma
vez que não há previsão, mas sim uma “visão” em
tempo real de algo que ocorre a grande distância.
Também pressentimentos por sonhos podem se dar
da mesma forma. O que ocorre na simulcognição é
que a pessoa manifesta sim uma paranormalidade,
mas não em prever o futuro, mas sim o presente que
não tem contato direto. Isso ocorre geralmente em
relação a pessoas que se tem forte vínculo
emocional, como familiares, esposa etc. Casos
relatados há de mulheres de soldados em batalha,
por estas terem sonhado que os mesmos sofreram
ataque e serem mortos, sendo que um tempo depois
recebem a notícia. Nesses casos não houve previsão,
mas uma telepatia simultânea, elas perceberam no
mesmo momento o que havia ocorrido com os
esposos, não antes de acontecer, que seria o caso de
premonição ou pré-cognição. Há claro nesses casos
um vínculo psíquico tão estreito entre essas
mulheres e seus maridos soldados, que talvez outras
sensações também tenham sido percebidas e
passadas sem terem sido notadas. Há o caso de uma
senhora que percebia as dores do marido, sendo que
em experiências com alfinetes a mesma sentia
realmente as espetadas da pele do marido. Isso já
ocorreu até em casos de incêndios, onde se salvou a
vida de muita gente, pela intuição de se salvar, uma
vez que recebida uma mensagem telepática de
alguém que vê em tempo real e a distância as
chamas, alertando quem está próximo. Isso pode
ocorrer a milhares de quilômetros de distância.

(Trecho do livro do autor: Vivenciando as Verdades, disponível em www.agbook.com.br)
Mariano Soltys e Janete Dopke
Enviado por Mariano Soltys em 25/03/2013


Comentários