Textos

FILOSOFIA DO AMOR –MISSÃO MAIOR
FILOSOFIA DO AMOR –MISSÃO MAIOR




Vejo que toda a paixão tem um sentido maior, além da mera beleza, atração, casamento e mesmo família. Claro que tudo isso é positivo, mas há de existir um motivo maior, que une essas almas já por diversas vidas, ou que na presente acaba por buscar um equilíbrio especial. Mesmo o simples desejo nos revela essa missão cumprida. O amor acaba por assim revelar esse segredo, oculto no véu da mera “química”. Somos muito mais do que química e matéria, e nosso sentido e destino deságua em objetivos mais nobres e altruísta do que “a minha felicidade”.
Sonhamos com amor ou com alguém que partilhe nossos ideais. O casamento acaba por ser uma responsabilidade e os filhos já anunciam outro amor. Há sempre uma missão maior escondendo aquilo que entendemos o aqui e agora, e assim algo inconsciente é cumprido, revelando um sentido espiritual, infinitamente mais importante que satisfazer-se fisicamente ou ao ego.
Mesmo o sofrimento pelo que não dá certo é uma missão. Ser rejeitado ou mesmo não conquistar quem se deseja nos leva a perceber que não vivemos para o mimo. A vida nos leva a responsabilidade e valorização, e assim o amor trás consigo uma série de coisas, obras e missões que nem de longe as pessoas estão conscientes. Soubessem que o amor de sua vida é um inimigo de outra, ou que foram para a cama com quem lhes tirou a vida, não mais tentariam amar. Fato é que cumprida a missão, tudo se renova e o paraíso do amor prazeroso surge um dia.
Também as limitações do corpo físico, as idades, fases e tudo mais mechem no amor. Não mais ter beleza, nem ter um corpo bonito, ou mesmo completo, faz de muitos buscadores de amor altruísta, em prol dos necessitados ou nas artes. Cuidados consigo mesmo também prova um autoamor, que por fim melhora a relação com a própria vida. E palavras como nunca ou sempre perdem o sentido, uma vez que a missão maior sempre pode nos reservar a possibilidade, mesmo eu não da forma como pensamos. Um dia tudo se realiza na eternidade e tudo caminha para o bem, mesmo que por vias estranhas ou difíceis de compreender. E o amor vence, talvez tarde demais, ou de modo diverso do sonhado.
Mariano Soltys
Enviado por Mariano Soltys em 06/05/2013


Comentários